quarta-feira, 7 de janeiro de 2009

“Respirar pelo Diafragma”? Como isso é possível?

Na maioria das vezes em que pergunto para um profissional da voz o que ele sabe sobre respiração, ouço a seguinte frase: “devemos respirar pelo diafragma”. Essa resposta já vem decorada e automática sem maiores conhecimentos da importância dos mecanismos evolvidos. Em primeiro lugar, a gente não respira “pelo diafragma”. Vamos compreender melhor isso:
O diafragma é um músculo que apresenta forma de guarda-chuva aberto e separa o pulmão da cavidade abdominal, exercendo papel muito importante na respiração. .A respiração mais eficaz é aquela em que há predominância funcional da região costo-diafragmática. Em resumo, na respiração normal, ao inspirar enquanto o ar desce, o diafragma aplana-se e o ventre dilata-se. Se você observar a respiração de um bebê dormindo, vai comprovar este fato.
No canto, os recursos expiratórios são mais solicitados.Entram em ação então os músculos expiratórios que comprimem as vísceras abdominais ,as quais pressionam o diafragma , empurrando-o para cima.
É necessária uma pressão de ar suficiente para manter um nível estável de produção vocal. A elasticidade dos pulmões é suficiente para produzir este tipo de pressão a fim de cobrir demandas vocais simples, como as da conversação relaxada. Durante a fonação mais prolongada, ou no canto, a contração expiratória dos abdominais torna-se necessária.

4 comentários:

augusto disse...

eu gostaria muito de respirar palo diafragma por favor mim ajudei quem souber!

alemao disse...

Falou falou mas na verdade nao falou bosta nenhuma sobre o assunto...

Anônimo disse...

Tendi nada.

Thomas Schulze disse...

Ó músculo diafragma é responsável pela respiração, Augusto: vc já respira utilizando o diafragma! att. thomaschulze.blogspot.com